SOLIDARIEDADE

Cidadãos nota 10: Jamile Andrade, Bruna Almeida e Daniele Caetano

Jamile Andrade, Bruna Almeida e Daniele Caetano: publicitárias e criadoras do projeto Fios da Esperança (Foto: Ligia Skowronski)

Jamile Andrade, Bruna Almeida e Daniele Caetano: publicitárias e criadoras do projeto Fios da Esperança (Foto: Ligia Skowronski)

09.dez.2014 18:12:24 | por Vanessa Aragão
Profissão: publicitárias
Atitude transformadora: arrecadam doações de cabelo para a confecção de perucas destinadas a pessoas em tratamento contra o câncer
 
 
As publicitárias Jamile Andrade, 29, Bruna Almeida, 24, e Daniele Caetano, 28, assistiram a um vídeo pelo celular e ficaram emocionadas. Ele mostrava um grupo de mulheres raspando o cabelo em solidariedade a uma amiga que perdera as madeixas por causa do tratamento contra o câncer. “E se o problema fosse conosco?”, questionou-se o trio. Assim nasceu, em abril deste ano, o projeto Fios de Esperança, que arrecada doações capilares para a confecção de perucas destinadas a pessoas que têm a doença. “A ideia é manter a autoestima de mulheres e adolescentes sujeitas a quimioterapia, já que isso favorece a recuperação”, diz Jamile. A primeira iniciativa veio, literalmente, da cabeça delas. Em comum acordo, as três publicitárias passaram a tesoura no cabelo. Depois disso, no boca a boca e por meio das redes sociais, receberam cerca de 500 doações, vindas de Salvador, Fortaleza e Manaus. O projeto também conseguiu estabelecer parceria com alguns salões de beleza da capital baiana. Na BarberBeauty, por exemplo, cortes acima de 12 centímetros dão às clientes 50% de desconto. A advogada Roberta Freire conheceu o Fios de Esperança durante o tratamento que fazia contra um câncer de pulmão. “A questão vai além da vaidade”, afirma Roberta, que hoje auxilia as publicitárias na busca por parcerias. A maior dificuldade tem sido encontrar voluntários especializados na produção das perucas. Enquanto isso, as doações estão sendo estocadas. “A intenção é captar patrocinadores que nos ajudem a levar a iniciativa adiante.” Para doar, as madeixas precisam ter, no mínimo, 12 centímetros de comprimento. Elas podem ser entregues no Hospital Aristides Maltez ou nos salões da BarberBeauty e da BahiaBeauty.