Gastronomia

Comida de rua

A Feira da Cidade reúne cerca de cinquenta barracas nos fins de semana

A Feira, montada na Ribeira: os pratos custam, em média,
R$ 15,00; os doces, como o brownie da Quatro Chefes, R$ 5,00

A Feira, montada na Ribeira: os pratos custam, em média, R$ 15,00; os doces, como o brownie da Quatro Chefes, R$ 5,00

12.dez.2014 16:07:43 | por Joana Maltez e João Barreto

Com sotaques e temperos próprios, a comida de rua sempre existiu nas grandes capitais brasileiras. A onda que tomou força nos últimos tempos, no entanto, trata esse tipo de serviço de forma mais organizada e profissional. Tem sido assim em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Salvador. Aqui, o principal evento que reúne convidativos boxes de comida ao ar livre chama-se A Feira da Cidade (3481-8105 e 9148-0787). Idealizada pela jornalista Carla Maciel, ocorre sempre aos sábados (11h/17h) e domingos (8h/17h), sem local fixo — Farol da Barra, Parque da Cidade, Ribeira, Praça Ana Lúcia Magalhães e Rio Vermelho são pontos frequentes. Fora das quatro paredes dos restaurantes, cerca de cinquenta cozinheiros preparam receitas para um público entusiasmado, que gasta, em média, R$ 15,00 por prato e não se importa em comer em pé ou sentado na grama. Assíduo na feirinha, o chef Fabrício Lemos, do Al Mare, já serviu risoto sertanejo, com carne desfiada, farofa de tapioca, banana frita e queijo, e a famosa baiana Dadá cozinhou, certa vez, uma moqueca mista de peixe e camarão. Para adoçar, a confeitaria De Além Mar costuma vender o tradicional pastel de belém e a Quatro Chefes capricha no brownie — as guloseimas custam R$ 5,00 cada uma. De barriga cheia, vale bater perna para conferir o artesanato e as peças de brechós e de novos estilistas, que também ganham espaço por lá.

 

Food truck japa

A partir das 18h, a van do Temaki Road (8132-9889) estaciona em dois pontos estratégicos da cidade. O roteiro começa na Unifacs Paralela, onde ela dá expediente às quartas e quintas. De sexta a domingo, a parada é na Praça das Gaivotas, no Imbuí. O menu inclui yakissoba, temakis e combinados, entre eles o especial universitário (R$ 30,00), com dezesseis peças de sushi e sashimi. O temaki de salmão grelhado mais cream cheese, cebolinha e Doritos custa R$ 14,00 e o yakissoba de camarão sai por R$ 19,00. Tudo fresquinho, mas para comer sem frescura.

 

O colorido salão do Boteco Mexicano: hot dogs com chili

 

MAIS: CACHORRO QUENTE CHICANO

Há seis meses um pequeno salão colorido, na entrada do Salvador Shopping, chama atenção. Trata-se do Boteco Mexicano, misto de bar e lanchonete cujo ponto forte é o cachorro-quente. O chef João Silva, que já trabalhou no Trapiche Adelaide, usa salsichas frankfurt e swiss dog para preparar lanches como o chilidog, que reúne carne moída, chili, molho de tomates frescos e queijo ralado (R$ 6,90). O cardápio lista também burritos de chili com carne, frango, carne de sol e carne de fumeiro (R$ 19,90). Para brindar, tem margarita a R$ 11,90. Salvador Shopping, 3342-1151. 9h/22h (dom. 13h/21h). Cc: A, D, E, H, M e V. Cd: E, M, R e V.