Copa 2014

Salvador: o que há de melhor para fazer na cidade

Não faltam receitas típicas, construções históricas e paisagens de tirar o fôlego na capital baiana

Farol da Barra / Foto: Lailson Santos

Farol da Barra / Foto: Lailson Santos

20.mai.2014 20:37:51 | por Redação VEJA Cidades
Receber hordas de turistas não parece ser um desafio para a festeira Salvador. No Carnaval deste ano, uma multidão de mais de 500 000 pessoas desembarcou na cidade para seguir a rota do axé nos trios elétricos. Para a Copa do Mundo, espera-se um fuzuê semelhante: além de torcerem na Arena Fonte Nova, os visitantes vão acompanhar as partidas em bares e em telões instalados em endereços turísticos — um deles estará no Largo de Santana, no Rio Vermelho. Afora os programas voltados para o torneio, há muito que aproveitar na capital baiana. Cheia de personalidade, assim como seus calorosos moradores, ela exibe um respeitável centro histórico, que, de tão único, tem nome próprio: Pelourinho. Caminhar entre os casarões e as igrejas do período colonial é um passeio que impressiona tanto quanto avistar as infinitas paisagens de cartão-postal (boa parte delas com a Baía de Todos os Santos ao fundo) e provar as saborosas receitas típicas, marcadas pelo mix de influências indígena, portuguesa e, sobretudo, africana. Entretanto, como ocorre em toda localidade de grande porte, o trânsito caótico e os problemas de segurança também fazem parte do dia a dia soteropolitano. Nada, porém, que acabe com o bom astral reinante por aqui.
 
 
 
COMO CIRCULAR: Localizada na Ladeira da Fonte das Pedras, em Nazaré, a Arena Fonte Nova fica em uma região de fácil acesso, ao lado do Pelourinho. No período de jogos, oito linhas especiais de ônibus vão circular pelos principais shoppings e bairros com destino ao estádio. A passagem regular custa R$ 2,80. Também há uma boa frota de táxis, com bandeirada a R$ 4,00 e quilômetro rodado a R$ 2,04.

 

+ Três lugares para tirar uma selfie

 

+ Um dia perfeito na cidade

 

+ Onde assistir aos jogos

 

+ A arretada comida baiana

 

+ Os melhores passeios

 

+ Veja também: onde comer, beber e se divertir em outras cidades-sede