Carnaval

Endereços para passear e fazer belas selfies

Entre os cenários, o Farol de Itapuã e o Jardim de Alah garantem belos cliques de frente para o mar

Jardim de Alah: piscinas naturais e coqueiros altos

Jardim de Alah: piscinas naturais e coqueiros altos

02.fev.2015 18:56:40 | por Redação Veja Cidades

Quem se esbalda na madrugada só quer descanso no dia seguinte – justamente para poder ir às ruas de novo no fim de tarde, quando os blocos retomam a festa. Mas não dá para voltar de Salvador sem visitar (e fotografar) endereços clássicos da cidade.

 
Em alguns deles o visitante encontra sombra e sossego, a exemplo do famoso Dique do Tororó (Avenida Presidente Costa e Silva, s/nº, Nazaré). Além do enorme espelho d’água com esculturas de orixás que parecem flutuar sobre sua superfície, há um amplo gramado para estender a canga e relaxar. Com vista para o mar, o Jardim de Alah (Avenida Octávio Mangabeira, s/nº, Costa Azul) exibe um coqueiral e piscinas naturais que se formam na maré baixa.

 

+ Confira as atrações mais aguardadas nos circuitos Osmar e Dodô 

 

Outro ponto de contemplação é o Farol de Itapuã (Rua Farol de Itapuã, s/nº), localizado na praia de mesmo nome e que já encantou Dorival Caymmi e Vinicius de Moraes. No Pelourinho, o Monumento da Cruz Caída, obra de Mario Cravo Jr., é um respiro modernista em meio ao centro histórico. Lá do alto, dá para assistir ao belo pôr do sol na Baía de Todos-os-Santos. A Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, no Largo do Bonfim, completa a lista de sugestões. Em frente ao gradil lotado de fitinhas do Senhor do Bonfim, amarre a sua: dê três nozinhos e faça três pedidos.