Comidinhas

As delícias premiadas

Em um conjunto de 174 deliciosos endereços, três casas estreiam entre as campeãs. Graças às suas receitas de cuca, quitute típico da colônia alemã, o Machry Armazém & Bistrô conquista o primeiro lugar da inédita categoria. a O novato Arte Freddo Boutique de Sorvetes leva o título por seus gelados gourmets e o Empório e Temakeria Japesca é premiado pelos concorridos temakis.

O melhor café

Expresso (R$ 3,60): esmero no preparo

Press Café

Por trás de uma simples xicrinha de expresso há um ritual complexo e minucioso. Da escolha dos grãos à pressão da cafeteira, passando pela temperatura dos ingredientes, o processo requer técnica e esmero. Veterana entre os campeões da edição, esta rede não se descuida de nenhuma das etapas. Comandados pela especialista Lizandra Brancher, 22 baristas revezam-se atrás do balcão das cinco unidades. São eles os responsáveis por criar e executar as trinta bebidas do cardápio. Em 2011, para prestigiá-los, a casa passou a etiquetar cada xícara que chega à mesa com o nome de quem a preparou. Fora o reconhecimento dedicado aos funcionários, a marca destaca-se pelo blend. Elaborado com grãos cultivados na Fazenda Pessegueiro, em Mococa (SP), serve de matéria-prima para o expresso (R$ 3,60) e para o pressppuccino (R$ 8,20), uma releitura do cappuccino com toque de latte art — desenho feito com espuma de leite sobre a bebida. Entre as versões mais requintadas, o black love adiciona chocolate quente ao expresso ristretto (R$ 5,70). Para acompanhar, o mil-folhas entremeado de doce de leite gaúcho (R$ 7,00) é receita da chef pâtisserie Mirella Aranha. Se a fome for maior, peça o sanduíche munique, com salsicha e queijo derretido (R$ 16,80), que equivale a uma refeição. Interessante opção para um fim de tarde, a unidade da Fundação Iberê Camargo conta com uma bela vista para o Rio Guaíba.

Avenida Padre Cacique, 2000, Fundação Iberê Camargo, Cristal, telefone 3266-1943. 12h/19h (qui. até 21h; fecha seg.). Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. estacionamento Ar. a a; Moinhos Shopping, 3º piso, Moinhos de Vento, telefone 3266-9571. 10h/22h. Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. estacionamento Ar. banheiro para deficientes físicos internet sem fio Mais três endereços. www.presscafe.com.br.

A melhor cuca

De doce de leite, ganache e pedaços de morango: R$ 25,00 o quilo

Machry Armazém & Bistrô

Quitute típico da colônia alemã, o item obrigatório na mesa das avós gaúchas ganhou espaço nas vitrines de padarias e confeitarias da cidade. Semelhante a um pão e de massa fofinha, leva cobertura de farofa doce e recebe recheio de frutas, geleias, chocolate, doce de leite... Em 2011, o júri de VEJA PORTO ALEGRE teve o desafio de indicar onde se encontra a melhor receita da cidade. Numa disputa apertada, sobressaiu o trabalho deste misto de empório, bistrô e doceria. Mais molhadinha e menos massuda, a guloseima preparada ali aparece em cinco versões, entre elas a de doce de leite, ganache e pedaços de morango. Outra combinação de sucesso vem entremeada de goiabada, doce de leite e requeijão. Ambas saem por R$ 25,00 o quilo. Ainda na seleção de delícias criadas pela dupla Ilse e Iara Machry, encontra-se o brownie blond, elaborado com cremes de chocolate ganache branco e meio amargo (R$ 42,00 o quilo). Servido gelado, o café expresso com creme e mel (R$ 8,90) pode acompanhar qualquer pedido do cardápio.

Rua Doutor Armando Barbedo, 257, Tristeza, telefone 3024-1300. 10h/19h30 (dom. a partir das 11h). Cc: D, M e V. Cd: B, M, R e V. Ar. internet sem fio entrega em domicílio www.machry.com.br.

A melhor doceria

Macaron, mil-folhas, tartalete e cheesecake (no sentido horário, a partir do alto): delícias multicolores

Diego Andino Pâtisserie

Em um elegante casarão de 400 metros quadrados, com lareira e jardim, os doces criados pelo argentino Diego Andino têm status de pequenas joias. O cuidado começa na seleção esmerada da matéria-prima e se estende à delicada apresentação. É comum ver suas preciosidades decoradas com pérolas de açúcar e folhas de ouro comestível, itens que o chef-pâtissier traz frequentemente de viagens à França e aos Estados Unidos. Coloridos, os macarons se destacam na vitrine em sabores como doce de leite, rosas, maracujá e banana (R$ 3,20 a unidade do míni). Ao lado, ficam expostos petits-fours, muffins, trufas e tortas, vendidos em diversos tamanhos. A cheesecake new york, assada no forno com doce de leite (R$ 11,50 a porção mono, equivalente a uma fatia), divide atenções com o suflê de chocolate acrescido de geleia de framboesa (R$ 9,50 a mono). Em versões inusitadas, o mil-folhas recebe combinações como laranja com mirtilo e goiabada com sorvete de queijo (R$ 11,50 cada um). Qualquer das delícias faz par perfeito com uma xicrinha de expresso (R$ 3,00).

Rua Artur Rocha, 795, Mont’Serrat telefone 3264-4198. 10h/19h30 (sáb. até 20h; fecha dom). Cc: D, M e V. Cd: M, R e V. estacionamento Ar. internet sem fio entrega em domicílio www.diegoandino.com.br.

O melhor empório gourmet

Gôndolas com 7 500 produtos: refinada seleção de utensílios, carnes, embutidos e itens de fabricação própria

La Gourmandise

Sabe aquele ingrediente raro de encontrar nas prateleiras dos supermercados da cidade? É grande a chance de achá-lo entre os 7 500 itens disponíveis neste empório gourmet. Pilotado pelo casal Anísio e Filomena Barretto, o endereço de 500 metros quadrados oferece uma refinada seleção de laticínios, embutidos, carnes especiais, utensílios para cozinha, congelados e vinhos. Parte dos produtos é fabricada na própria loja, caso do molho de funghi chileno (R$ 14,80 o pote de 500 gramas) e do fundo de codorna (R$ 6,90, com 250 mililitros), caldo da ave que pode servir de base para receitas mais elaboradas. Aparece como novidade neste ano o carpaccio de palmito pupunha (R$ 19,60). Entre os congelados, sobressai a linha de pescados raros, a exemplo da centolla chilena (R$ 79,80 o quilo) e da costelinha de tambaqui (R$ 39,80 o quilo). Há também uma seção dedicada aos sorvetes artesanais, na qual desfilam sabores pouco comuns, como manjericão e gengibre (R$ 9,50 o pote de 500 mililitros). Desde 2006, são ministradas aulas de gastronomia em uma cozinha com auditório para trinta lugares.

Rua Carlos Trein Filho, 1100, Bela Vista, telefone 3333-8450. 10h/20h30 (fecha dom. e feriados). Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. estacionamento Ar. entrega em domicílio www.lagourmandise.com.br.

A melhor padaria

Balcão com pães artesanais: 27 tipos renovados constantemente

Carina Barlett Boulangerie

Em 2006, quando abriu a casa, o plano inicial de Carina Barlett era ter uma pequena butique de pães para atender os moradores do bairro de Bom Fim. Não esperava que clientes de toda Porto Alegre viessem procurar seus produtos artesanais. Para acomodá-los, construiu um charmoso deque, onde é possível tomar um café da manhã sem pressa. Ao lado de uma equipe com oito padeiros, Carina dedica-se ao preparo de 27 tipos de pão, renovados constantemente na vitrine. Croissant (R$ 2,50), éclair de baunilha (R$ 3,00), pão francês (R$ 2,50) e uma linha de cinco baguetes revezam-se entre os favoritos. Novidade, a bordeaux (R$ 3,00) tem sabor mais ácido que a tradicional e casca fina. Produzido com fermento de cerveja, o pain à la biere (R$ 6,00) aparece também entre os estreantes, assim como o française (R$ 3,00), de miolo aerado. A qualquer hora do dia, o cardápio relaciona quatro sugestões de lanche. Feito na baguete, o montanha recebe como recheio queijo montanhês, salame e tomate (R$ 6,00). No capítulo das bebidas, o café com leite sai por R$ 5,00. O sucesso um tanto inesperado motivou a abertura de uma filial no bairro de Três Figueiras, com inauguração prevista para maio.

Rua João Telles, 237, Bom Fim, telefone 3222-7878. 9h/21h. Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. estacionamento Ar. internet sem fio; Rua Teixeira Mendes, 1151, Três Figueiras, telefone 3085-1347. 9h/21h. Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. Ar.

O melhor salgado

Empanada de espinafre com ricota: R$ 4,00

Pâtissier

Para visitar a aprazível casa instalada no bairro Moinhos de Vento, é preciso reservar um lugar na agenda entre quinta e sábado. Requisitado para eventos gastronômicos e jantares sob encomenda, o experiente chef Marcelo Gonçalves decidiu reduzir as atividades em 2011, o que tornou o serviço mais exclusivo. Nada, porém, que afugente os clientes assíduos. Acomodados no minúsculo salão ou no agradável deque adornado com trepadeiras, os habitués costumam lotar o endereço em busca dos excelentes doces e salgados, além das receitas de bistrô elaboradas por Gonçalves. Enxuto, o menu reúne sugestões da semana, sempre anotadas em um quadro-negro e executadas com ingredientes da estação. No outono, tempo da colheita da bergamota, ele prepara, por exemplo, o mil-folhas recheado com creme da fruta. Dos produtos expostos o ano inteiro na vitrine, seguem populares as empanadas (R$ 4,00 cada uma), nas versões com linguiça, alho-poró, carne, frango ao curry e espinafre com ricota, uma das estreantes do cardápio. Entre as quiches, prevalecem a lorraine e a de tomate seco (R$ 9,00 cada uma). Tão concorridas quanto os lanches, as sobremesas podem vir à mesa na companhia de sorvete artesanal. O de baunilha com fava (R$ 2,00 a bola) combina com a terrine feita com biscuit de cacau, ganache de chocolate, crocante de castanha-do-pará e avelã (R$ 8,00 a fatia).

Rua Marquês do Pombal, 128, Moinhos de Vento, telefone 3395-3848. 11h/20h (sáb. até 18h; fecha dom. a qua.). Cd: M, R e V. internet sem fio entrega em domicílio

O melhor sanduíche

Hambúrguer de cordeiro com queijo e salada (R$ 13,50) e porção de aipim frito (R$ 9,00): dupla perfeita

Pampa Burger

A casa nem bem se instalou no coração da Cidade Baixa e já caiu nas graças do público e do júri, consagrando-se a vencedora de sua categoria. Inaugurada em novembro, tem como principal trunfo uma enorme parrilla localizada entre seus dois salões. É dali que saem o aroma de churrasco que marca o ambiente e os generosos hambúrgueres, preparados à moda dos pampas. Assados no calor do fogo a lenha, os cortes da raça Angus, conhecida por sua maciez, compõem catorze tipos de sanduíche. Com 180 gramas de carne, o la plata sobrepõe provolone, chimichurri, salada e maionese no pão d’água (R$ 14,00). Feito de cordeiro, o borguettinho recebe a companhia de queijo prato, salada e maionese (R$ 13,50). Ambos podem ser montados em versão menor (com 100 gramas de carne), apelidada de petiço, uma referência ao cavalo de pernas curtas. Para escoltar o lanche gaudério, a porção de aipim frito (R$ 9,00) ocupa com eficiência o posto da clássica batata frita.

Avenida Venâncio Aires, 57, Cidade Baixa, telefone 3221-5775. 11h/6h. Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. banheiro para deficientes físicos internet sem fio www.pampaburger.com.br.

O melhor sorvete

Gelados gourmets: vendidos em pote de 100 gramas (R$ 7,00)

Arte Freddo Boutique de Sorvetes

Formada em alta gastronomia pela Escola Aires Scavone, Ana Gaspary trilhou um caminho pouco comum no universo dos chefs. Em vez de buscar espaço em uma cozinha de restaurante, ela preferiu dedicar-se ao sorvete, sua paixão desde a infância. Primeiro, produzia os gelados gourmets em casa, sob encomenda. Em 2009, abriu, junto à fábrica, esta diminuta loja com apenas quatro banquinhos, onde mescla técnicas italianas com toques da pâtisserie francesa. Não espere encontrar ali taças, bolas nem cubas: suas acertadas receitas geladas são vendidas em potinhos de 100 gramas (R$ 7,00). Entre os trinta sabores dispostos no pequeno freezer, marcam presença os de mascarpone com calda de frutas vermelhas e de tapioca com calda de maracujá. Na linha dos sorbets, preparados sem lactose nem gordura, encontram-se versões refrescantes como manga com laranja na companhia de calda de gengibre e morango acrescido de espumante. Requisitadas para viagem, as sugestões salgadas aparecem nas opções gorgonzola e azeitona preta. Há boa procura pelas tortas de sorvete, a exemplo da preparada com doce de leite uruguaio, chocolate e cobertura de nozes (R$ 60,00 a embalagem de 1 quilo).

Rua Giordano Bruno, 13, Rio Branco, telefone 3028-6013. 10h/19h (fecha dom.). Cc: A, D, M e V. Cd: M, R e V. Ar. entrega em domicílio www.artefreddo.com.br.

O melhor suco

Smoothies encorpados: preparados com pedaços de frutas congeladas

Saúde no Copo

Instalado de frente para o Parcão, o quiosque da marca costuma reunir famílias e esportistas ávidos por um lanche reparador. Em março, após uma reforma, o lugar reabriu as portas de visual novo e com mais mesinhas para servir seus sucos e smoothies encorpados, eleitos pela nona vez consecutiva os melhores da cidade. Dos liquidificadores, saem combinações preparadas com pedaços de frutas congeladas, o que dá consistência cremosa à bebida. Faz sucesso o frutas roxas, que leva suco de uva batido com banana, amora e açaí (R$ 5,50 o copo de 300 mililitros). Entram na receita do havaiano (R$ 6,50 o copo pequeno, com 300 mililitros) abacaxi, hortelã e clorofila, ingrediente que soma propriedades energéticas à mistura. O lanche pode ficar mais completo na companhia do bauru vegano, com hambúrguer de soja, pasta de tofu e salada no pão de centeio (R$ 10,50). Além das três unidades, todas estrategicamente próximas de parques e praças, o Saúde no Copo planeja abrir em breve novas filiais no estado, em sistema de franquia.

Rua 24 de Outubro, 742, esquina com a Rua Olavo Barreto Viana, Moinhos de Vento, telefone 3024-4900. 9h/21h. Cc: A, D, M e V. Cd: B, M, R e V; Rua Padre Chagas, esquina com a Rua Félix da Cunha, Pátio Ivo Rizzo, Moinhos de Vento, telefone 3019-2500. 11h/22h. Cc: A, D, M e V. Cd: B, M, R e V. Ar. internet sem fio; Avenida Nilo Peçanha, 67, Bela Vista, telefone 3022-2021. 11h/23h. Cc: A, D, M e V. Cd: B, M, R e V. estacionamento Ar. internet sem fio www.saudenocopo.com.br.

O melhor temaki

Cone recheado de salmão e cebolinha: R$ 5,00

Temakeria e Empório Japesca

Bastante popular entre clientes que trabalham ou estudam no centro, esta temakeria instalada no Mercado Público tem movimento tão intenso que o balcão, as mesas coletivas e a outra banquinha, localizada quase em frente, não são suficientes para acomodar a multidão que abarrota o lugar diariamente. No almoço, a fila se forma antes mesmo do meio-dia. Peixes fresquíssimos e preços acessíveis compõem a fórmula de sucesso do endereço. No boxe ao lado, a peixaria pertencente aos mesmos donos é a responsável por abastecer a cozinha diariamente com salmão, trazido do Chile, atum e alguns frutos do mar. Nunca congelados, são a principal matéria-prima dos cones campeões desta edição. O cardápio relaciona treze sugestões de temaki. Líder dos pedidos, o filadélfia, preenchido com salmão e cream cheese, é preparada com cebolinha e gergelim (R$ 6,00). Por R$ 5,00, o simples de salmão combina o pescado fresco com cebolinha e gergelim. Serve ainda combinados, como o que leva oito sashimis de salmão, dois niguiris, quatro hossomakis e temaki na companhia de minissalada e um refrigerante (R$ 19,00). No início de abril, a casa inaugurou uma filial, mais ampla, também na região central, com as mesmas características da matriz.

Avenida Borges de Medeiros, 85, loja 11, Mercado Público, centro, telefone 3212-6599. 10h/19h30 (sáb. até 17h; fecha dom.). Cc: B, D, M e V. Cd: B, M, R e V; Rua Siqueira Campos, 1204, centro, telefone 3012-7776. 11h/20h30 (sáb. e dom. até 17h). Cc: D, H, M e V. Cd: B, M, R e V. Ar.

VEJA paga todas as suas despesas na produção das revistas e na avaliação dos estabelecimentos, não aceitando qualquer tipo de cortesia. Nenhuma taxa é cobrada dos endereços indicados na edição impressa, no site ou nos aplicativos — apenas critérios editoriais são aplicados na escolha e avaliação dos lugares. Pessoas ou empresas que comercializam placas ou qualquer outro tipo de prêmio usando o nome VEJA Comer & Beber podem ser denunciadas pelo e-mail vejabrasil@abril.com.br para que sejam tomadas medidas legais contra elas.