(Foto: Tricia Vieira)

Restaurantes > Carnes

Fogo & Chama Steak House

Endereço: Rua Doutor Augusto Bezerra de Medeiros, 10 - Praia do Meio - Natal

Telefone: 3202-1971/2870

  • Funcionamento

    11h30/15h e 18h/23h30 (sex. a dom. 11h30/23h30)
  • Preço

    de R$ 76,00 a R$ 100,00
  • Pagamento

    • Cartões de crédito (American Express, Dinners, Hipercard, Mastercard, Visa)
    • Cartões de débito (Maestro, Rede Shop, Visa Electron)
  • Serviços

    • Acesso para deficientes
    • Acesso wireless
    • Ar condicionado
    • Estacionamento
    • Levar vinhos (permite)
    • Lugares/Capacidade
      (total 360)
    • Valet/Manobrista
    • Vinho em taça
  • SITE OFICIAL

Resenha

Não bastassem a boa variedade de cortes e o cuidado no preparo de cada um deles, a churrascaria ocupa um agradável salão envidraçado, com vista privilegiada para o mar. Na opinião do proprietário, Paulo César Távora, tais atributos contribuem para o sucesso da casa, que conquista nesta edição o prêmio da especialidade pela segunda vez. Baby beef, prime rib, bife ancho, paleta de cordeiro, pernil de javali, asa de faisão e leitão à pururuca integram a seleção de 21 tipos de carne servidos no rodízio, que custa R$ 59,50 por pessoa de segunda a quinta e R$ 69,50 de sexta a domingo. Todos são maturados e oriundos de diferentes fornecedores do Brasil e do exterior. A picanha, por exemplo, pode ser argentina ou australiana, enquanto o cordeiro é trazido do Uruguai. Em geral, os cortes são assados na brasa apenas com sal grosso. A refeição é completada com o bufê, que alinha lagosta grelhada, carne de sol na nata, feijoada - entre outros pratos -, uma mesa de queijos e uma estação com receitas japonesas feitas na hora por um sushiman. Uma equipe de trinta funcionários se encarrega de manter a reposição de cada item com frequência. No subsolo fica a adega climatizada, com capacidade para 1 500 garrafas. A lista de vinhos à disposição soma 120 rótulos, incluindo o conceituado Brunello di Montalcino Casanova di Neri 2005 (R$ 328,00), da Itália, e alternativas mais em conta, caso do argentino Alta Vista Malbec 2011 (R$ 75,00).