RESTAURANTES

Chão Nativo (Setor Bueno)

O banquete montado sobre o fogão a lenha: quarenta especialidades da culinária goiana

Endereço

  • Avenida T-11, 299
  • Bairro: Setor Bueno
  • CEP: 74223070
  • Telefone: 3241-2266
  • Lugares: 260
  • Horário: 11h/15h30 (sáb., dom. e feriados até 16h)
  • C. Crédito:
  • C. Débito:
  • Serviços:
* Os preços e as demais informações foram apurados entre os meses de setembro e outubro de 2013
A cozinheira Ione Ferreira Campos cresceu na fazenda da família, localizada em Santa Helena de Goiás, a 200 quilômetros da capital. Foi lá que, aos 7 anos, enquanto ajudava a mãe a preparar o almoço dos peões, ela teve suas primeiras lições culinárias. Heranças da infância, as referências interioranas estão presentes na decoração e, principalmente, no apetitoso bufê de seu restaurante. Eleito o melhor da categoria pela quarta vez consecutiva, o endereço tem paredes de pedras à vista e exibe elementos típicos da roça, como bules de alumínio, monjolo e carro de boi, além do fogão a lenha. Sobre ele ficam expostos cerca de quarenta pratos, todos preparados sob o olhar atento de Ione. Não raro a clientela faz fila para provar frango caipira, arroz com pequi, empadão goiano, paçoca no pilão, leitoa à pururuca, frango com quiabo, costelinha suína na lata, angu de milho, guariroba cozida, torresmo, feijão-tropeiro, galinhada e linguiça frita na hora. A mesma fartura se repete na mesa de sobremesas, que alinha pudim de ovo caipira, ambrosia, doce de figo, pé de moleque e outras sugestões caseiras. O banquete custa R$ 19,90 para mulheres e R$ 27,90 para homens. Aos sábados e domingos e nos feriados, todos pagam R$ 29,90. Cobradas à parte, as cervejas de 600 mililitros Bohemia e Original chegam às mesas por R$ 7,50 cada uma.

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Ofensas, spam, publicidade, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA. Para comentar você precisa estar logado.

Comentários

Para comentar faça seu login abaixo ou cadastre-se.
  • Login:
  • Senha:

VEJA paga todas as suas despesas na produção das revistas e na avaliação dos estabelecimentos, não aceitando qualquer tipo de cortesia. Nenhuma taxa é cobrada dos endereços indicados na edição impressa, no site ou nos aplicativos — apenas critérios editoriais são aplicados na escolha e avaliação dos lugares. Pessoas ou empresas que comercializam placas ou qualquer outro tipo de prêmio usando o nome VEJA Comer & Beber podem ser denunciadas pelo e-mail vejabrasil@abril.com.br para que sejam tomadas medidas legais contra elas.