(Foto: Ramón Vasconcelos)

Comidinhas > Pamonharias

Frutos da Terra

Endereço: Rua C-234, 969 - Setor Nova Suíça - Goiânia

Telefone: (62)3281-4049

Endereço: Avenida Perimetral, 2100 - Setor Coimbra - Goiânia

Telefone: (62)3233-1507

  • Funcionamento

    11h/22h30
  • Preço

    até R$ 50,00
  • Pagamento

    • Cartões de crédito (Mastercard, Visa)
    • Cartões de débito (Maestro, Rede Shop, Visa Electron)
  • Serviços

    • Acesso para deficientes
    • Acesso wireless
    • Ar condicionado
    • Estacionamento
    • Lugares/Capacidade
      (total 88)
  • SITE OFICIAL

Resenha

Na ativa há quase trinta anos, a pamonharia tem muitas razões para festejar em 2014. Além de abocanhar seu décimo prêmio seguido na categoria, a Frutos da Terra passou a contar com uma loja maior e mais bonita no mês de maio, quando transferiu a unidade que funcionava na Avenida T-11, no Setor Bueno, para a Rua C-234, no Setor Nova Suíça. Decorado com piso de ladrilhos hidráulicos e móveis de madeira de demolição, o amplo salão climatizado chega a receber 250 clientes por dia. Ali também está concentrada a produção da massa cremosa, feita de acordo com a receita da fundadora, Ione de Oliveira Lobo. Diariamente, cerca de 9 000 espigas de milho são usadas para abastecer os dois endereços da marca e rendem em torno de 2 000 quitutes, que saem da panela de água quente a cada quatro horas. Curiosamente, segundo Zélia Queiroz Lobo, gerente e nora de Ione, a venda aumenta em dias de chuva. "Pelo fato de a colheita nas fazendas ser maior no período chuvoso, as pessoas antigamente associavam chuva com pamonha. Como ela é servida quentinha, cai bem em temperaturas mais baixas", explica. Costumes e interferências climáticas à parte, o fato é que a delícia goiana faz sucesso durante todo o ano, inclusive quando os termômetros superam os 30 graus. Entre as nove opções, as mais requisitadas são as tradicionais doce e de sal (R$ 6,00 cada uma) e a versão à moda da casa, com linguiça e queijo de minas frescal (R$ 6,30). Empadão goiano (R$ 17,00), arroz-doce (R$ 5,50), canjica (R$ 5,50), sopa de milho (R$ 13,00) e curau (R$ 5,50) também estão no cardápio.

As informações e os preços da resenha foram apurados entre os meses de agosto e outubro de 2014