Copa 2014

Os melhores passeios em Fortaleza

Vinte paradas obrigatórias para quem estiver pela cidade

Dia ensolarado no Passeio Público / Foto: Leo Feltran

Dia ensolarado no Passeio Público / Foto: Leo Feltran

20.mai.2014 19:02:37 | por Redação VEJA Cidades
Um giro pelo centro
 
A visita parte da Catedral Metropolitana, que tem torres de estilo gótico com 75 metros de altura e lindos vitrais. Perto dali, na Travessa Crato, a tradicional loja Raimundo dos Queijos vende itens regionais, como queijo de coalho e paçoca. No entorno da Praça dos Leões fica a Igreja do Rosário, a mais antiga da cidade, originalmente construída por escravos e tombada como patrimônio histórico. Outra parada é a Praça do Ferreira, palco de comícios e festas. No Passeio Público, sombreado por árvores centenárias, dá para almoçar no Café Passeio, que serve feijoada ao som de chorinho nos fins de semana. Fora desse circuito, mas ainda no centro, o roteiro pode terminar no Theatro José de Alencar, famoso cartão-postal de Fortaleza.
 
Queijos expostos na loja de Raimundo Oliveira Araújo / Foto: Romero Cruz
 
Mordomia na areia
 
Na concorrida orla da Praia do Futuro, as megabarracas funcionam quase como resorts de luxo. Na Crocobeach, os serviços incluem piscina, sauna, salão de beleza e até banco 24 horas. Já a Guarderia Brasil atrai o público jovem, que ocupa as espreguiçadeiras espalhadas sob uma moderna tenda. Num clima mais família, a Terra do Sol tornou-se ponto de encontro para quem quer sombra e cerveja gelada. Em dias de jogo do Brasil, essas três barracas prometem exibir as partidas em telões instalados na areia.
 

Deque da megabarraca Guarderia Brasil / Foto: Ligia Skowronski

 

Cultura e cerveja

 

Com museus e salas de cinema, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura garante boas horas de lazer longe da areia. Se o programa se estender noite adentro, a dica é escolher um dos bares que gravitam pelos arredores. Eles funcionam em antigos galpões portuários, cuja fachada ainda está preservada, caso do point de paquera Buoni Amici’s Sport Bar e do bar O Chopp do Bixiga. Durante o Mundial, as duas casas exibirão os jogos em telões montados na calçada.
 
Mesas do Buoni Amici's Sport Bar na calçada / Foto: Leo Feltran
 
Mergulho certeiro
 
Gosta de adrenalina? Então experimente escorregar por um tobogã de 41 metros de altura — equivalente a um prédio de catorze andares. O brinquedo, apropriadamente chamado de Insano, é uma das dezoito atrações do Beach Park. Maior parque aquático da América Latina, o megacomplexo, localizado a 16 quilômetros do centro de Fortaleza, inclui quatro resorts e um restaurante de frente para o mar, onde é possível saborear bons pratos de peixes e frutos do mar. Em julho, mês de férias escolares, prepare-se para encarar longas filas nos brinquedos.
 
Foto: Divulgação
 
Rendas, castanhas e cachaças
 
A oferta de suvenires aqui é grande e irresistível. Linhas, couro, rendas e bordados são usados para confeccionar redes, bolsas,
sapatos, roupas e artigos de decoração. Para os foodies, não faltam ingredientes regionais, como cachaças, doces e licores. A seguir, três boas dicas para encher as sacolas de compras.
 
Centro de Artesanato do Ceará: vitrine de luxo do artesanato local, tem produtos feitos de argila, madeira e tecido. Av. Santos
Dumont, 1589, Aldeota, 85-3101-1644.
 
Centro de Turismo: das cerca de 100 barraquinhas, destaque para as que vendem graúdas castanhas-de-caju. Rua Sen.
Pompeu, 350, centro, 85-3101-5507.
 
Mercado Central: reúne 600 boxes de artesanato, três restaurantes e duas lanchonetes. Av. Alberto Nepomuceno, 199, centro, 85-3454-8586.
 
Rendas feitas com bilros / Foto: Carlos Goldgrub
 
Delícia de tapioca
 
O típico quitute é a estrela do Centro das Tapioqueiras. Ali, 26 barracas preparam mais de 30 000 unidades por semana, entre sugestões salgadas e doces. Além do cardápio fixo, os clientes podem montar os próprios recheios. A clássica tapioca de carne de sol com queijo de coalho custa R$ 12,00.
 

+ Um mergulho pela gastronomia cearense

 

Para rir...

 

Terra de Chico Anysio e Renato Aragão, o Ceará tornou-se celeiro de ótimos comediantes. Por isso, há lugares com programação especial para garantir o bom humor dos visitantes. No Beira Mar Grill , os shows diários trazem três artistas por noite. No Lupus Bier, o ingresso dá acesso livre ao bufê. 

 
...ou dançar agarradinho
 
Apesar da variedade de estilos musicais nas baladas da capital, os shows de forró continuam dominando a cena. O estilo tradicional, chamado de pé de serra, garante a animação no Kukukaya às sextas e aos sábados. Quem vai ao Danadim, de quinta e sábado, curte a versão eletrônica do ritmo, com três bandas por noite.
 
 

+ Onde tirar uma selfie