RESTAURANTES

Restô Privilège

  • Categoria: VARIADOS
  • Aberto em: 2011
  • Faixa de preço: $$ (de R$ 51,00 a R$ 75,00)

Endereço

  • Avenida Serzedelo Corrêa, 681 - entre a Rua dos Mundurucus e a Avenida Conselheiro Furtado
  • Bairro: Batista Campos
  • Telefone: 3224-7222 e 8418-0027
  • Lugares: 120
  • Horário: 12h/15h30 e 19h/1h (dom. e seg. só almoço)
  • C. Crédito:
  • C. Débito:
  • Serviços:
* Os preços e as demais informações foram apurados entre os meses de abril e junho de 2013
Na hora do almoço, os clientes encontram um bufê em que se acomodam 29 receitas. Todos os dias, há vatapá e pato no tucupi e, aos sábados, feijoada. O quilo custa R$ 53,00, preço que, aos domingos e feriados, tem o acréscimo de R$ 2,00. À noite, o aparador sai de cena e passa a vigorar o cardápio. A trouxinha de foie gras, envolta em massa de harumaki e regada ao molho de vinho tinto (R$ 35,00), pode servir de entrada para o filhote ao pesto de jambu e redução de tucupi, guarnecido de purê de batata (R$ 47,00). Também se incluem entre os pedidos o vinho chileno Montes Alpha Syrah 2009 (R$ 138,00) e a taça que intercala morango, brigadeiro de panela, chantili, calda de frutas vermelhas e sorvete de creme (R$ 17,00).

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Ofensas, spam, publicidade, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA. Para comentar você precisa estar logado.

Comentários

Para comentar faça seu login abaixo ou cadastre-se.
  • Login:
  • Senha:

VEJA paga todas as suas despesas na produção das revistas e na avaliação dos estabelecimentos, não aceitando qualquer tipo de cortesia. Nenhuma taxa é cobrada dos endereços indicados na edição impressa, no site ou nos aplicativos — apenas critérios editoriais são aplicados na escolha e avaliação dos lugares. Pessoas ou empresas que comercializam placas ou qualquer outro tipo de prêmio usando o nome VEJA Comer & Beber podem ser denunciadas pelo e-mail vejabrasil@abril.com.br para que sejam tomadas medidas legais contra elas.