(Foto: Ligia Skowronski)

Passeios > Praças

Praça Batista Campos

Endereço: Travessa Padre Eutíquio, s/nº - Batista Campos - Belém

Telefone:

  • Funcionamento

  • Preço

    Sem cotação
  • Pagamento

  • Serviços

    Resenha

    A história da praça laureada pelo júri de VEJA BELÉM está totalmente ligada a Antônio Lemos, um personagem importantíssimo no desenvolvimento urbanístico de Belém. Nomeado intendente municipal (cargo atualmente correspondente ao de prefeito) em 1897, ele permaneceu no posto por quase catorze anos, tempo suficiente para calçar as avenidas, erguer monumentos, pôr bonde para rodar e modernizar cartões-postais queridos até hoje, como o Mercado Ver-o Peso e a Praça da República - lá fica o Theatro da Paz, duplamente premiado nesta edição. Na Praça Batista Campos, Lemos buscou referências da belle époque parisiense para valorizar a arborização e priorizar os cinco lagos existentes, interligando-os por graciosas pontes. Pela área de 36 671 metros quadrados ainda se espalham ciclovias e pistas ideais para caminhadas e corridas. O visitante está sempre à sombra de mangueiras e enormes samaumeiras, que oferecem providencial frescor. Nos fins de semana, é comum ver famílias inteiras se divertindo por lá: enquanto as crianças se distraem com as garças, atraídas pelos peixes que vivem nos lagos, os pais descansam acomodados nos bancos ou tomando água de coco, vendida pelos ambulantes. No mês de outubro, a praça torna-se também mais atraente por causa da iluminação especial, montada para o Círio de Nazaré, e das apresentações musicais, que ocupam o coreto todas as noites. A decoração, caprichada, fica até o fim de dezembro, quando os fogos de réveillon anunciam um novo ciclo.

    Os preços e demais informações foram apurados entre os meses de julho e setembro de 2014.