(Foto: Ligia Skowronski)

Comidinhas > Tacacás

Tacacá do Colégio Nazaré

Endereço: Avenida Nazaré, s/nº - em frente ao Colégio Nazaré - Nazaré - Belém

Telefone: (91)3279-4874

  • Funcionamento

    16h/20h30
  • Preço

    Sem cotação
  • Pagamento

  • Serviços

    Resenha

    Dá um trabalho danado fazer o tucupi, item quase onipresente na mesa paraense e que demora cerca de um dia inteiro para ficarpronto. Primeiro a mandioca é descascada, lavada e triturada. Depois de cozinhar em água, a massa segue para o tipiti, do qual seucaldo escorre para então descansar mais um bocado de horas, até que se possa separá-lo da goma e, finalmente, obter o tucupi. Ele é a alma do popular tacacá, vendido aos montes nas esquinas e feiras de Belém. Entre tantas opções, a receita servida na barraca de José da Conceição Soeiro, o Bito, ganha a distinção do júri de VEJA como a melhor comida de rua da capital. Ele segue as instruções deixadas pela antiga proprietária, Maria do Carmo Pompeu dos Santos, que morreu em julho deste ano. Para a sorte dos belenenses, ao que tudo indica o legado de mais de quatro décadas de dona Maria será muito bem preservado. Na fábrica, localizada no Conjunto Catalina, Bito acompanha de perto o trabalho dos cinco funcionários dedicados exclusivamente à obtenção do espesso e saboroso tucupi. A ele são acrescentados camarão seco, vindo do Maranhão semanalmente, jambu com alho e chicória e, por fim, a goma. Nos fins de semana, a barraca preenche, em média, 200 cuias de tacacá, vendidas a R$ 12,00 cada uma. Além delas, há vatapá (R$ 12,00), bolo de macaxeira (R$ 3,00 a fatia), cocada (R$ 2,50) e, às sextas, caruru (R$ 12,00). [*Informações atualizadas em outubro de 2014]

    Os preços e demais informações foram apurados entre os meses de julho e setembro de 2014.