COMER E BEBER 2015/2016

ABC: onze restaurantes bons e baratos

É possível comer bem na região sem gastar uma fortuna

06.ago.2015 17:02:21 | por Redação

Selecionamos onze endereços localizados no ABC (Santo André, São Bernardo e São Caetano) para comer bem sem esfolar o bolso. A lista inclui rodízios de carne, restaurantes da rota frango com polenta e também cozinhas variadas - em alguns dos endereços, a comida é servida em bufê. Confira:

 

Bistrô 558

A inspiração parisiense da casa aparece nos cartões-postais da capital francesa que enfeitam as paredes e na sala em homenagem à atriz Brigitte Bardot. O cardápio limita-se a dois menus compostos de entrada, prato principal e acompanhamento. Preferido dos clientes, o mais barato custa R$ 34,50 e oferece receitas como a quiche de queijo com salada, para a entrada, seguida do picadinho ao molho de vinho e cenoura. Talharim ao pesto de rúcula, legumes na manteiga ou risoto de limão-siciliano fazem companhia a umas das cinco opções de prato principal. No outro menu, que sai por R$ 64,50, entram receitas com ingredientes mais nobres. Como entrada, por exemplo, pode vir a salada com crispy de presunto cru, seguida de cauda de lagosta ao molho de queijo ou carré de cordeiro com vinho e alecrim, normalmente guarnecidos de isoto com cogumelo-de-paris. Um mini docinho de padaria faz as vezes de sobremesa nos dois casos.

 

Cantina do Zelão

O cardápio varia conforme a unidade. Na Rua Jurubatuba, têm mais saída refeições substanciosas como a costela bovina com mandioca, arroz, feijão e salada (R$ 31,00, para dois). O mocotó à moda do rei é novidade: com grão-de-bico, costela suína defumada e paio, vai à mesa com arroz (R$ 33,00, para duas pessoas). Depois tem pudim de leite (R$ 7,50). Na Marechal Deodoro, o salão funciona desde o café da manhã e, mais tarde, vira um boteco. O hit é o caldo de mocotó (R$ 5,00) com uma dose de cachaça Sagatiba Preciosa (R$ 21,00).

 

Caravana

Os clientes se acomodam em um dos dois ambientes com decoração rústica. Vaca atolada e frango com quiabo estão entre os 25 itens quentes servidos no bufê em que prevalecem receitas mineiras. Servido no almoço e no jantar, o serviço contempla ainda 25 tipos de salada. Às quartas e aos sábados, a feijoada protagoniza as refeições. O quilo custa R$ 31,99 durante a semana e R$ 39,99 aos sábados e aos domingos. À noite, é possível optar pelo rodízio que apresenta quarenta versões de pizza (R$ 28,99 por pessoa; aos sábados, o preço sobe para R$ 31,99). Há, ainda, um menu à la carte, que inclui salmão grelhado mais salada por R$ 51,90, para duas pessoas. Na lista de bebidas há chope Itaipava (R$ 6,90) e caipirinha de saquê com morango (R$ 15,90).

 

Costela & Cia

A costela bovina, assada em forno a lenha, circula pelo salão em sistema de rodízio (R$ 59,00 de segunda a sexta e R$ 64,00 aos sábados, domingos e feriados). O preço inclui o bufê, que alinha dez pratos quentes e quarenta receitas frias, inclusive orientais. As garrafas de Serramalte, Original e Bohemia saem por R$ 10,00 cada uma. Na sobremesa, fazem sucesso os pavês de chocolate, ameixa ou morango (R$ 5,00 cada unidade).

 

Costelaria Berlin

(Foto: Romero Cruz)

 

Receita consagrada no endereço, a costela bovina é assada por doze horas e chega à mesa na chapa de ferro, ao lado de mandioca, farofa, pão francês e vinagrete (R$ 59,90). O cardápio ainda lista outras dez sugestões com a mesma carne. É o caso da versão recheada de bacon, calabresa e queijo provolone, levada à mesa com guarnições idênticas (R$ 69,90). Ambas os pratos são suficientes para quatro pessoas. Da seção de petiscos, o mix berlin (R$ 69,90) reúne frango, picanha, calabresa e costela, todos servidos em cubos na chapa. É uma boa pedida para as noites de terça a sábado, quando o pequeno palco recebe bandas que tocam hits dos anos 1960 e cantores de MPB. Na unidade de Santo André, os preços têm uma pequena variação.

 

Gijo’s

Pratos fartos a preços convidativos são o trunfo da casa. A requisitada chuleta de 850 gramas (R$ 75,00, para duas pessoas) chega à mesa com arroz, feijão, fritas e salada. Acompanhada de arroz, fritas, brócolis, salada e molho de hortelã, a picanha de cordeiro sai por R$ 35,00. Quartas e domingos são reservados à feijoada (R$ 47,00, para dois). A carta de cervejas especiais lista rótulos como a Paulistânia (R$ 14,00) e a Madalena (R$ 14,00, 500 mililitros). No arremate, faz sucesso o pudim de leite (R$ 5,00).

 

Laporte’s

(Foto: Romero Cruz)

 

Entre saladas, pratos quentes e sobremesas, o caprichado bufê soma 100 itens. Todos passam pela balança: o cliente desembolsa R$ 65,90 pelo quilo. Depois de abrir o apetite com minitorta de camarão, ratatouille, mix de cogumelos, pasteizinhos e acarajé, é hora de escolher entre bacalhau gratinado, joelho de porco e paella. As sobremesas não ficam atrás: rocambole de brigadeiro, estrogonofe de chocolate e mil-folhas são preparados na casa.

 

Lírio

O rodízio tem preço amigável: R$ 23,00 de segunda a sexta e R$ 27,00 nos fins de semana. Estrela da casa, a costela circula pelo salão ao lado de arroz, feijão de caldo, feijão-tropeiro e salada. Para abrir o apetite, a porção de costela (R$ 40,00, para três) vai bem com a cerveja Original (R$ 9,00). Para duas pessoas, o salmão grelhado (R$ 75,00) vem escoltado por arroz à grega, legumes, feijão de caldo e feijão-tropeiro. Nas noites de sexta e sábado, o jantar é embalado por música ao vivo (couvert artístico a R$ 3,00 por pessoa).

 

Rosa’s Churrascaria

Inaugurada em 1964, mantém o cardápio quase inalterado desde então. No amplo salão, mesas com toalhas quadriculadas acomodam 300 pessoas. Muitas começam pela salada de escarola com vinho tinto (R$ 30,40), seguido do filé à parmigiana com polenta ou farofa (R$ 87,40, para quatro). A picanha na brasa (R$ 84,40, para duas pessoas) ganha os mesmos acompanhamentos. No copo, não há concorrência para a limonada (R$ 8,90, 750 mililitros), preparada na frente do cliente. A torta paulista (R$ 9,40), um pavê de bolacha e creme de amendoim, finaliza a refeição.

 

São Judas Tadeu

(Foto: Antônio Milena)

 

Tradicional na região da Rota dos Restaurantes, serve as versões ao alho e óleo, à passarinho, ao molho e à milanesa diariamente em bufê, sempre escoltadas pela polenta frita. Saladas, massas, frutos do mar e feijoada também têm espaço na bancada. O cliente paga R$ 50,00 às segundas, terças e quintas e R$ 55,00 às quartas. Às sextas e sábados, quando o salão abriga o jantar dançante, o preço sobe para R$ 70,00 e R$ 80,00, respectivamente. Aos domingos, o almoço sai a R$ 68,00 por pessoa. Em qualquer dia, bebidas, sobremesas e serviço estão inclusos.

 

São Judas Tadeu Shopping

Única filial da rede em São Bernardo, tem ambiente mais moderno que a matriz. No almoço (R$ 35,00 por pessoa de segunda a sexta, R$ 40,90 nos fins de semana), saladas, massas, pratos quentes e sobremesas dividem o bufê. À la carte, fazem sucesso o filé à parmigiana com arroz (R$ 62,00 para dois) e as pizzas de massa fina (R$ 30,00 cada uma). Às quintas, ao pedir o frango com polenta (R$ 46,00), o cliente ganha dois chopes Heineken de 200 mililitros - fora da promoção, a bebida custa R$ 7,90.